quarta-feira, 21 de março de 2012

MMA e MEC, precisamos de apoio para o VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental


Faltando pouco para o início do VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental em Salvador, um momento mágico de fortalecimento dos movimentos de educação ambiental no nosso país (aprendizagem, articulação de parcerias, abertura de novas oportunidades, etc.), é preciso chamar a atenção para o trabalho de mobilização para que os espaços e tempos desse grande encontro possam ser bem aproveitados.

Painéis, oficinas, atividades culturais, encontros temáticos e uma série de outras atividades promoverão inúmeras interações e processos reflexivos e inspiradores para a construção de ações transformadoras, cultivadoras da sustentabilidade.

Para que tudo isso aconteça é preciso garantir a estrutura. A captação de recursos já conseguiu apoio para várias coisas, mas muitas ainda carecem de investimento, como, por exemplo, a disponibilização de redes de internet e os trabalhos de transmissão ao vivo.

É nesse sentido que se faz necessário um apoio expressivo do Governo Federal, a partir do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental. É preciso que o MEC e o MMA acelerem a liberação de recursos financeiros para garantir que este espaço onde se reunirão aqueles que sustentam localmente o Programa Nacional de Educação Ambiental (com grande participação voluntária) possam contribuir da melhor forma possível para o aprimoramento e enraizamento da EA no país.

Coletivos Educadores, Salas Verdes, Conferências Infanto-juvenis, CIEAS, Municípios Educadores Sustentáveis, Implantação dos Parâmetros Curriculares Nacionais... estas e outras políticas e programas demandam que este apoio financeiro seja encarado como um investimento naqueles que fazem acontecer. Os educadores ambientais.

Ajude!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Todas as informações contidas neste blog são proibidas de reprodução sem autorização dos responsáveis.

Receba as postagens automaticamente no seu email, Cadastre-se!