domingo, 24 de fevereiro de 2013

Metodologia

Desenvolvimento da metodologia para as coletas de águas e análise do projeto IPH



A Universidade Municipal de São Caetano do Sul, criou em outubro de 2010 o Projeto:“Índice de Poluentes Hídricos”, com o objetivo de avaliar a contribuição da carga de poluentes dos municípios para os corpos de água da região e conta com um piloto em São Caetano do Sul.  Sendo assim o objetivo deste trabalho foi criar a metodologia da logística para o desenvolvimento do projeto piloto. Inicialmente houve a mobilização e treinamento de voluntários, além do estabelecimento do calendário e dos pontos de coleta que foram georeferenciados com GPS (Global Positioning System). Foi realizado um estudo para a verificação dos materiais necessários para as coletas e para a preservação das amostras. O Início das coletas foi em outubro de 2010 que ocorrem todos os meses. São formados quatro grupos que saem à campo para coletar as amostras nos Rios dos Meninos (7 pontos) e Tamanduateí (6 pontos) e nos Córregos  Utinga (3 pontos), dos Moinhos (2 pontos), das Grotas (1 ponto) e Ribeirão dos Couros (1 ponto - foz), com duração aproximada de 3,5 hs dependendo da situação e acessibilidade dos locais e do tempo/clima. As amostras são levadas ao laboratório da universidade onde são feitas as análises. Como resultados houve a formação de um grupo com 25 alunos, efetivação e escolha dos pontos de coleta, adequação do material e da ficha de acompanhamento das coletas, obtenção do material necessário e a realização de 08 coletas. Os alunos utilizam seus próprios veículos para sair à campo, isso demonstra seu comprometimento com o projeto.

Pesquisadores: Ketlyn Bizaia dos Santos e Caroline Regina Pederriva
Orientadora: Marta Ângela Marcondes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: Todas as informações contidas neste blog são proibidas de reprodução sem autorização dos responsáveis.

Receba as postagens automaticamente no seu email, Cadastre-se!